domingo, 17 de março de 2013

A palavra de Deus, o poder educador

   Há uma diferença entre instruir e educar. Instruir é transmitir conhecimentos, educar significa modificar o comportamento. A modificação do comportamento ocorre por uma série infinda de fatores, muitos deles imperceptíveis.
   Por meio de sua palavra, Deus converte os homens, fazendo-os confiarem em Jesus. Aos que estão mortos espiritualmente, Deus dá vida (Ef 2.1), pois o evangelho é poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê (Rm1.16).
   Aos que crêem, embora tenham sido pecadores, e embora a contragosto continuem pecadores, Deus perdoa seus pecados, isto é, considera-os como se não  tivessem pecado nenhum. Deus mesmo em sua palavra chama-os de "santos" (Fp 4.21) - é a justificação.
   Com a conversão há uma mudança de mentalidade e de comportamento do homem justificado, o qual deseja servir a Deus, cumprindo a sua lei - é a santificação.
   Assim como na justificação, Deus também usa a sua palavra para conduzir os convertidos a uma vida santificada. Isto quer dizer que, pela palavra Deus faz com que aquele que crê se esforce para não pecar, e se empenhe para pensar, falar e agir como Deus deseja.  A palavra, por conseguinte, modifica a conduta do crente. Desta forma ela é um poder educador.
Fonte: Quero Crescer. Editora Concórdia
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário